quarta-feira, 21 de julho de 2010

Afinal, quem é Índio?

Um resumo da trajetória política do homem que escolheram para VICE PRESIDENTE DA REPÚBLICA DO BRASIL

Como vereador ficou conhecido por querer emplacar uma lei que proibia as pessoas de darem esmolas a mendigos. E ainda por ser um dos investigados na vergonhosa CPI da merenda escolar.

Como secretário Municipal de Administração do Rio de Janeiro na segunda gestão César Maia, que nos entregou uma cidade deteriorada, desorganizada e com cheiro de corrupção por tudo quanto é lado, deixo que a própria gestão do cacique fale por si mesma.

Como parlamentar federal ficou marcado pela intensidade da atuação apresentando 32 matérias legislativas durante o mandato, como homenagens a pessoas e instituições, batismos de logradouros, cidades-símbolo, pedidos de convocação de sessões solenes e especiais, além de datas comemorativas, todas consideradas irrelevantes para população pelo Transparência Brasil. Seus dois projetos de maior visibilidade são a criação do Dia Nacional do espírita Bezerra de Menezes e outro que institui o Dia Nacional do Arcebispo Dom Hélder Câmara.

Ah, como prefeitinho do parque do flamengo e do Leme, sinceramente, não tenho notícias, e sinceramente, também não me interesso em tê-las.

Por fim, vejam o que diz vereadora carioca Andrea Gouvêa Vieira do PSDB, principal quadro do partido de Serra e ex-colega de Câmara que conhece muito bem o agora @viceindiotwitter..

“Se eu já tinha dificuldade com a candidatura do Cesar Maia, a situação agora ficou esdrúxula. Como o ex-prefeito é candidato ao Senado, não preciso pedir voto ou mesmo votar nele. Mas com o Índio como vice de Serra, é diferente. Não dá para separar o voto. Prefiro, então, pedir licença e viajar”.

E agora, José?!

2 comentários:

  1. O indiozinho é uma daquelas figuras caricatas que, vez ou outra, aparecem na mídia. alguém como Lacraia, Tiririca, Sérgio malandro e outros do gênero.

    ResponderExcluir